FANTOCHES DA MÍDIA
Letra: Ricardo, Edivaldo Gomes, Leo Hell, Patrícia Silva, Leo Felicíssimo
Música: Ricardo

O falso moralismo contamina os espíritos vulneráveis
que acreditam nas promessas dos ídolos fabricados
mentes congeladas vagam em hipócritas alienações

o poder serve para oprimir as idéias

O ser humano é um fantoche nas linhas da mídia
cheio de neuroses e limitado pela mediocridade

o homem moderno se tranca em seu mundo pessoal
incapaz de situar seus problemas no panorama social
ele ignora e se escora no senso comum

o grande irmão destrói vidas criando mitos fascistas

O ser humano é um fantoche nas linhas da mídia
cheio de neuroses e limitado pela mediocridade

duas coisas aviso que eu não sei fazer
uma delas, mandar, a outra, obedecer
mas se a vida for mesmo um grande teste do sofá
arte então é dizer não a quem quer te comer

Voltar