A HISTÓRIA DE JOÃO H. (A LENDA)
Letra de Ricardo Caulfield
Música: Marcio Bukowski/Ricardo

E ATENÇÃO... ACABA SER PRESO JOÃO HORÁCIO ERNESTO
MAIS CONHECIDO COMO JOÃO H.
ELE É SUSPEITO DE SER O SERIAL KILLER QUE MATOU MAIS DE QUINZE PESSOAS NA BAIXADA FLUMINENSE. A PRISÃO FOI EFETUADA GRAÇAS A UMA DENÚNCIA ANÔNIMA.

Arco íris de sangue, olhos de vidro
Todos dizem que ele é um homem frio
Toda felicidade o enerva, seu coração é uma grande treva
Parque de diversão é chacina, tatua na vítima C de cocaína

Super-herói, ele pensa que é um
Super-herói, combatendo a explosão demográfica

Homicídio é a sua prece, a vítima tem o que merece
Dos jornais, guarda os recortes, nostalgia é lembrar as mortes
Aquele que vê a sua face, não imagina as atrocidades....

Super-herói, ele pensa que é um
Super-herói, combatendo a explosão demográfica

Seus motivos são sociais, o crime enche seu peito de paz
Um cara sem preconceitos, ele mata brancos, pardos e negros
Meio homem, meio lenda, ele sonhou morar em Ipanema

Voltar