AMBIÇÃO
Letra de Ricardo Caulfield

Certos dias você se sente velho, sendo moço
Às vezes, você se sente cansado, sem ter feito esforço
Sente-se como uma mentira em fase terminal
Que se arrasta faminta ao lodaçal

Todo seu cansaço é como um sonho de um morto
Sua respiração é um complô contra o corpo

Você esperava que seu cérebro explodisse
E os pedaços a todos atingissem
Mas ele se dissolve feito geléia, morte patética, sem platéia

Você nasceu sem vida
Sua morte é frígida
Você morreu em dívida
Não conosco, porque nós...
Nós não tínhamos expectativas!

Voltar